Sejam bem vindos ao site sobre a Bíblia do ponto de vista místico e esotérico

Informações a respeito de cabala cristã, martinismo, arqueologia bíblica, interpretações, textos místicos e assuntos relacionados



domingo, 26 de março de 2017

Dois arrependimentos e ídolo escondido em Deuteronômio, de acordo com diversas Bíblias


Dois arrependimentos e ídolo escondido em Deuteronômio, de acordo com diversas Bíblias




Resultado de imagem para Bíblia





“Guarda-te, que não haja pensamento vil no teu coração (…)” (Deuteronômio 15:9) Almeida



“Fica atento a ti mesmo, para que não surja em teu coração um pensamento vil” idem, Bíblia de Jerusalém



“Cuida para que não venha ao coração este ímpio pensamento” idem, Ave Maria



“Guarda-te de que não venha a haver alguma palavra vil em teu coração” idem, Novo Mundo



“Guarda-te, que não haja palavra perversa no teu coração” Peshita



“Guarda-te que não haja coisa perversa no teu coração” idem, Bíblia Hebraica



“Guarda-te para que não haja algo indigno em teu coração” em Tanya



“Cuidado consigo mesmo! Que não haja em seu coração este pensamento de Belial” idem, Nova Pastoral



“Bondoso e compassivo é o Senhor, tardio em irar-se, e de grande benignidade”. (Salmo 145:8) Almeida



“Piedoso e pleno de bondade é o Eterno, tardio em irar-Se, e sempre pronto a ser generoso” idem, Bíblia Hebraica



“O Senhor é clemente e compassivo, Longânime e cheio de bondade” idem, Ave Maria



“Javé é clemente e compassivo, lento na cólera e repleto de amor” idem, Nova Pastoral



“Jeová é clemente e misericordioso, vagaroso em irar-se e grande em benevolência” idem, Novo Mundo



“Iahweh é bom para todos, compassivo com todas as suas obras” idem, Bíblia de Jerusalém



“Piedoso e benigno é Yerruah, sofredor e de grande misericórdia” idem, Peshita



Resultado de imagem para Bíblia



Observando várias bíblias se nota a diferença de tradução e opção nesse sentido. Aqui selecionei dois temas, após a leitura de livro chassídico Tanya, de modo que no mesmo se fala em dois arrependimentos e numa passagem específica de Deuteronômio, aparece um nome estranho, em uma palavra em hebraico. A versão Nova Pastoral traduziu essa palavra como um nome próprio, mas a maioria das Bíblias ou de Torás evitam tal detalhe. Também sobre o arrependimento, tão referenciado em relação ao perdão de pecados, tem dois níveis, o que no material religioso não sofre essa classificação, em geral. Mesmo sobre o nome de Deus ficam as bíblias em divergências. Mas cada um procura a Bíblia que melhor lhe agrada e de acordo com sua escolha, ou de acordo com sua religião. Fato é que mostra uma fidelidade nos textos citados, e que a curiosidade leva longe a quem pesquisar.


Resultado de imagem para Bíblia


Sobre o tema do arrependimento, que em hebreu seria melhor designado como teshuvá, que é o retorno a Deus. Assim existem além daquele arrependimento de remorso, que seria o modo inferior de arrependimento, chamado de teshuvá tata'á, espécie de coração partido. Já o modo superior de arrependimento, seria uma teshuvá ila'á, que estaria no sentido de estudo da Torá (ou Bíblia) e de oração. Pois como se citou em Salmo, Deus é misericordioso e benevolente, e perdoa pecados. O modo mais comum de se pedir esse perdão é através da oração. Existe métodos mais constantes de orar, como com o Sidur no judaísmo ou a Liturgia para Católicos. Mas um livro de oração baseado em pedir perdão já cumpriria esse nível superior de arrependimento, que perdoaria até pecado graves. O que prova que o arrependimento por si só, em nível inferior, segundo a obra citada, Tanya, seria apenas para o perdão de pecados menores. E assim como somos perdoados por Deus, devemos perdoar o próximo (e amá-lo como a si mesmo).

 


Já do citado Deuteronômio, há uma palavra especial que é traduzida nas bíblias como vil, perverso, indigno, ímpio. Essa palavra em hebraico contudo é beliyaal, e para quem já viu alguma obra de demonologia, ou lista de demônios, é o nome de um destes. Assim a palavra é uma referência a idolatria. Pois entre os pecados graves estão o derramamento de sangue, a imoralidade e a idolatria. Mas idolatria não se refere apenas ao culto de estátuas de deuses estranhos, mas sim a outras coisas mais. Por exemplo falar mal de seu semelhante seria equiparado a idolatria, ser colérico, e mesmo ser arrogante. Também ignorar o necessitado seria equiparado a idolatria. O único pecado a que Deus não deixaria impune é deixar de estudar a Torá (ou Bíblia). Mas a Bíblia Nova Pastoral, que apesar de Católica, o que poderia levar alguém a pensar em certo conservadorismo, é a que traduziu e revelou esse demônio ou ídolo escondido em Deuteronômio.


Resultado de imagem para Bíblia


Fontes



Bíblia Sagrada, Editora Ave Maria



Bíblia Hebraica, editora Sefer



Nova Bíblia Pastoral, editora Paulus



Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas, Sociedade Torre de Vigia



Torah Hebraica Peshita, Gregory Editora



Bíblia de Jerusalém, Editora Paulus



Likutei Amarim Tanya, volume 5, Editora Beith Lubavitch



e-book Bíblia, tradução João Ferreira de Almeida, Microsoft Reader




2 comentários:

  1. MARAVILLOSAS ENSEÑANZAS.... Estudios soy T.J. ´´PERO HE SIDO ESTUDIANTE DE A.FUNDS.... HASTA LOS GRADOS DE TEMPLO.... DESDE San José California 95ll4 y mi clave era 8-445-757 S al cambiar el mundo desde los 90... Se hizo difícil seguir de cerca a la O.R. de San José California... Siempre deseamos saber más.

    ResponderExcluir